Superdotação - Potencial humano em favor de todos

Artigos

Como financiar seu intercâmbio nos EUA ou Inglaterra?

Morar e estudar no exterior é um sonho comum, mas esse sonho é geralmente considerado muito distante, principalmente pela crença equivocada que os preços de intercâmbios são sempre muito altos. Porém, encontrar formas alternativas de financiar o curso, integral ou parcialmente, aumentará as suas chances de estudar no exterior e explorar todo o seu potencial criativo e intelectual.

Existem opções de intercâmbio para todos os bolsos, variando desde bolsas integrais até o intercâmbio inteiramente financiado pelo aluno. Felizmente, com um pouco de pesquisa, o aluno consegue encontrar boas opções de bolsas, principalmente em modalidades parciais, não sendo necessário arcar com a integralidade dos custos da universidade e manutenção no país, que podem chegar a R$80.000 por ano.

As bolsas estão disponíveis apenas para alunos que já possuem inglês avançado ou fluente. Para aqueles que pretendem ir para o exterior estudar inglês, a dica é pesquisar bastante por preços, pois há cursos para todos os gostos e necessidades, desde U$100 até U$1.500 por semana. Desde cursos de “Inglês Geral”, até cursor de inglês para executivos de alto nível.

Preço de intercâmbio nos Estados Unidos

Cursos Universitários

Quando se começa a falar de cursos universitários a situação muda de figura. As bolsas são financiadas pelas próprias instituições de ensino, por companhias privadas ou por órgãos governamentais, havendo bolsas integrais principalmente para cursos de mestrado. Também há bolsas integrais de doutorado para alunos com excelente desempenho acadêmico, sendo estas mais facilmente acessíveis a alunos com interesse em ciências e tecnologia. As bolsas de graduação são geralmente descontos na anuidade do curso, mas há também a opção do Ciências sem Fronteiras, que é financiado pela CAPES.

Para a concessão de bolsas integrais existem importantes critérios das instituições financiadoras. Um bom exemplo de agência financiadora é Chevening (www.chevening.org/brazil), que oferece bolsas de mestrado integrais para alunos com grande potencial, de todas as áreas, na expectativa de que estes se tornem importantes embaixadores da cultura britânica quando retornarem aos seus países de origem, potencialmente facilitando as relações entre os dois países. Esse princípio é tão importante que a Chevening não aceita alunos com dupla nacionalidade.

Está gostando deste artigo?
Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber atualizações do site.

É importante que se compreenda que, tratando-se de bolsas integrais, o candidato terá sempre que responder, já no formulário de candidatura, a questão “Por que a bolsa de estudos deveria ser concedida a você e como nós iriamos nos beneficiar na sua presença no programa?”. Cada programa de bolsas tem o seu objetivo, por isso, antes de buscar uma bolsa, faça essa pergunta para você mesmo: “o que eu tenho para oferecer?”.

CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Outros exemplos de instituições/programas que oferecem bolsas integrais para intercâmbios de graduação e doutorado são a CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, que busca capacitar profissionais de todas as áreas para alavancar o desenvolvimento nacional, e diversas universidades americanas que atraem grandes mentes para o desenvolvimento de projetos de doutorado em solo americano.

Preço de intercâmbio na Inglaterra

Bolsas parciais e desconto nos cursos são as opções mais fáceis de se conseguir. Geralmente as universidades oferecem descontos de até U$5.000 na anuidade dos cursos, mas há também instituições privadas que financiam bolsas parciais, sendo que o valor oferecido por elas costuma ser maiores que os descontos oferecidos das universidades. Um exemplo é o Santander Universities (www.santander.co.uk/uk/santander-universities). Por isso, uma boa ideia é pesquisar quais são as universidades financiadas por esses institutos e se candidatar a elas já sabendo que essas bolsas estão disponíveis.

Processo de Candidatura

Com a universidade escolhida, o passo seguinte é preparar os documentos, se candidatar ao curso e depois se candidatar a bolsa de estudos. Ou seja, antes de se candidatar a uma bolsa da CAPES/CNPq ou concorrer a uma bolsa interna da universidade ou financiada por uma companhia privada, o candidato deverá ser aceito no curso. Todo esse processo é geralmente gratuito, sendo os únicos custos desse processo associados a tradução e preparação dos documentos. Um exemplo de empresa que trabalha em conjunto com universidades na preparação de documentos e suporte as candidaturas é a Interview Intercâmbio (www.interviewintercambio.com.br).

Gostou? Então compartilhe!

Publicado em 11/04/2015

Autoria: Rodrigo Colpo

DEIXE SEU COMENTÁRIO

GOSTOU? COMPARTILHE!

TOP 5 DA SEMANA

FIQUE ATUALIZADO

Insira aqui seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do site!

LIVROS INDICADOS

Artigos | Clipping especializado | Livros | Links úteis | Contato